REDAÇÃO ENEM 2018 — Possíveis Temas, Correção → (CONFIRA)

A Redação ENEM 2018 tem um peso grande na notal geral da avaliação. Com temas sempre atuais e relevantes para a sociedade, a nota da redação do ENEM possui um importante peso para fechar o resultado final do exame. Para poder se inscrever em vestibulares, como o SISU e PROUNI, é necessário tirar uma nota superior a zero.

Isso quer dizer que se você bombar e for mal na redação, provavelmente obterá uma nota geral baixa. E se você quiser ingressar em uma instituição de ensino superior através do SiSu, é importante prestar bastante atenção nesse momento.

Se você for um dos milhares de candidatos que estão se preparando para fazer o exame, no conteúdo a seguir trouxemos informações importantes a respeito da redação Enem. Confira:

Como funciona a redação ENEM 2018?

A redação ENEM sempre traz temas relevantes e pertinentes para a sociedade. O participante deverá apresentar o seu ponto de vista em um texto dissertativo-argumentativo, que será analisado levando em questão 5 critérios.

O participante do ENEM 2018 poderá tirar até 200 pontos em cada categoria, sendo a nota máxima no valor de 1000.

Redação ENEM 2018

Entre os critérios que são analisados, estão:


Critério 1:

  • 0 pontos: Não conhece a norma culta da Língua Portuguesa;
  • 40 pontos: Domínio precário da norma culta, desvios frequentes e diversos;
  • 80 pontos: Demonstra domínio insuficiente, com muitos desvios;
  • 120 pontos: Demonstra domínio médio, com alguns desvios;
  • 160 pontos: Demonstra bom domínio, com poucos desvios;
  • 200 pontos: Demonstra domínio excelente, desvios são aceitos como exceção e sem reincidência.

Critério 2:

  • 0 pontos: Foge ao tema ou não é um texto dissertativo argumentativo;
  • 40 pontos: Tangencia o tema ou têm traços de outros tipos textuais;
  • 80 pontos: Copia trechos dos textos de apoio ou não possui proposição, argumentação e conclusão;
  • 120 pontos: Argumentação previsível e domínio mediano das estruturas proposição, argumentação e conclusão;
  • 160 pontos: Argumentação consistente e bom domínio das estruturas proposição, argumentação e conclusão;
  • 200 pontos: Argumentação consistente, repertório sociocultural produtivo e excelente domínio das estruturas do texto dissertativo argumentativo.

 

Critério 3:

  • 0 pontos: Informações, fatos e opiniões apresentados não possuem relação com o tema;
  • 40 pontos: Informações, fatos e opiniões são pouco relacionados com o tema ou incoerentes, não há defesa de um ponto de vista;
  • 80 pontos: Informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas apresentados de forma desorganizada ou contraditória, defendendo o ponto de vista;
  • 120 pontos: Informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos textos de apoio e pouco organizados, defendendo o ponto de vista;
  • 160 pontos: informações, fatos e opiniões relacionam-se ao tema, de forma organizada, com indícios de originalidade, defendendo o ponto de vista;
  • 200 pontos: Informações, fatos e opiniões relacionam-se ao tema, de forma consistente e organizada de forma original, defendendo o ponto de vista.

Critério 4:

  • 0 pontos: Texto não articulado, com ideias fragmentadas;
  • 40 pontos: Articulação precária;
  • 80 pontos: Repertório precário de recursos coesivos e articulação inadequada entre as partes do texto;
  • 120 pontos: Repertório pouco diversificado de recursos coesivos e articulação mediana entre as partes do texto;
  • 160 pontos: Repertório diversificado de recursos coesivos e articulação com poucas inadequações entre as partes do texto;
  • 200 pontos: Repertório diversificado de recursos coesivos e boa articulação entre as partes do texto.

Critério 5:

  • 0 pontos: Sem proposta de solução ou proposta não é relacionada ao tema ou ao assunto;
  • 40 pontos: Proposta de solução vaga, ou relacionada somente ao assunto;
  • 80 pontos: Proposta de solução relacionada ao tema, mas elaborada de forma insuficiente, ou não articulada com a discussão do texto;
  • 120 pontos: Proposta de solução relacionada ao tema e articulada com à discussão do texto, mas elaborada de forma mediana;
  • 160 pontos: Proposta de solução bem elaborada e articulada ao tema e à discussão do texto;
  • 200 pontos: Proposta de solução muito bem elaborada, detalhada, articulada ao tema e à discussão do texto.

Possíveis Temas da Redação ENEM 2018

Redação ENEM 2018Os temas da redação do ENEM são sempre assuntos que estão em voga. Mesmo sendo impossível adivinhar, com precisão, quais seriam os assuntos, é possível ter uma ideia acompanhando os noticiários e os debates gerados em temas pertinentes.

Alguns temas possíveis para a redação dessa edição são:

  • Soluções para o combate da LGBTTFobia;
  • Inclusão social de moradores de rua;
  • Soluções para o sistema carcerário;
  • Depressão e medidas para prevenir o suicídio;
  • Avanços tecnológicos e sua relação com o desemprego no Brasil;
  • Desafios da integração e da acessibilidade dos deficientes;
  • Mobilidade urbana sustentável.

Como funciona a correção?

Redação ENEM 2018A correção da redação do ENEM funciona da seguinte maneira: dois professores avaliam as cinco competências mostradas no tópico a seguir. Cada critério vale 200 pontos. Se houver uma diferença total de 100 pontos entre as correções dos professores, então a redação passará por uma bancada para uma nova avaliação.

Leia também:

A redação ENEM 2018 possui um peso muito importante para a nota do exame, por isso é muito importante estar por dentro do assunto para não se dar mal no momento da prova. Ficou com dúvidas ou quer compartilhar alguma dica? Deixe um comentário.

Deixe um Comentário